Blog Archives

WTF Ryan Murphy!? | Review The Glee Project 1×07 – Sexuality

Em revolta só vão ter esses pouquíssimos screencaps! Hunf… u.u

Ia postar amanhã só o review, mas como a revolta tá grande, vai hoje mesmo, no fervor da raiva! Eu juro que eu tento entender como funciona a cabeça deles, mas não dá! Simplesmente não dá! O mais são de lá com certeza foi o Zach (Seu lyndo). Mas vamos comentar sobre o “eliminado” mais pra frente né?

Eis que começamos o episodio com “Like a Virgin”, os jurados convidados foram Mark Salling e Ashley Fink (Puck e Zizes), todos mandaram excepcionalmente bem, até mesmo Cameron que achei que ficaria hesitante na apresentação. Hannah foi a grande merecedora, na minha opinião, mas novamente foi pro bocó e sem graça do Samuel. Go figure

Passado isso foram distribuídas duplas para o vídeo de “Teenage Dream”, ótima escolha de músicas… as duplas nem tanto. Samuel ficou com Alex (os dois podem sair pra mim que vou achar merecido), Lindsay ficou com Damian (para o desespero de Hannah) e Hannah ficou com o puritano.

Nos vocais, todos foram ok, não sei o que eles enxergam de tão fantástico em tudo que Samuel faz, o cara não tem carisma, não tem absolutamente nada a ver com Glee, e ainda não entendi como ele ganhou tantas vezes. Lindsay sofru um pouquinho e Nikki já foi dura demais nos comentários para Zach e Robert durante as gravações do vídeo. Mas isso a gente fala mais pra frente. Na coreografia Damian pra variar se atrapalhou.

Hora de gravar! Os primeiros foram Samuel e Alex e eles foram OK, os dois para mim não merecem estar lá até agora então vai ser difícil eu achar algo que eles façam sensacional. Alex pra variar foi over, e não soube ser sexy… at all! Depois foram Damian e Lindsay. Ela realmente se sobressaiu e eles dois foram super bem apesar de Damian não conseguir fazer o papel de protagonista. Neste momento, Nikki é dura nas críticas a Lindsay dizendo que ela não possui uma voz muito versátil, sendo que a mesma pessoa que vivia elogiando ela nas gravações. Estranho, não? No final rolou até beijinho que nem foi aproveitado direito na edição final do vídeo. Depois tivemos puritano e Hannah. Nos ensaios e passagem de coreografia o diretor perguntou a Cameron se ele beijaria Hannah nas gravações e ele preferiu dizer não, pois ele tinha suas crenças. QUAL É, MERMÃO? Se você é ator, todos os personagens que você interpretar nunca vão ser iguais a você. O trabalho do ator é nos convencer daquela persona, mesmo ele (interprete) não acredite naquilo. Meaning… o cara é um bocó, não é ator, e já devia ter saído faz tempo… tipo semana passada quando Marissa foi eliminada injustamente.

Anyway, veja o resultado da produção abaixo:

Sem rodeios, “bottom 3” da semana foram Alex (duh?), Cameron (Nossa, não esperava essa! ¬¬) e Damian novamente, porque Samuel mandou suuuuper bem (not) segundo os jurados.

 

Damian começou as rodadas de apresentações cantando “Danny Boy” (não sei quem é o cantor original, sorry). Damian foi bem ok, nada demais, mas levando em conta sua evolução no programa devia passar.

 

Alex cantou “I Will Survive”, de Gloria Gainor. Fez a diva novamente, e foi bem ok também. Mas obviamente Ryan e os produtores gostaram e ele passou direto. Gostei da crítica que Ryan fez ao garoto, dizendo para se mostrar mais versátil na amplitude de interpretações. Não é porque o cara é bicha louca, que ele só vai interpretar bicha louca, néam?

 

Então veio Cameron e cantou “Blackbird”, dos Beatles. Música linda, fez uma boa performance, o cara realmente leva jeito pra coisa. Mas o que não suporto nele são esses valores que ele tem e ainda assim “quer” ser ator. Enfim, foi elogiado na performance. Damian num momento muito chocante (not!) basicamente pediu pra sair. Ryan pediu ao garoto que deixassem ele tomar a decisão e ele saiu para aguardar o resultado.

Em meio a discussão com Robert e Zach, Ryan diz que agora ele não quer que Cameron saia. WTF!? O cara quer sair, e só porque é ele que quer sair Ryan não quis deixar… Vai entender! Ryan vai conversar com Cameron e explica que ele passou, no entanto a decisão em seguir em frente é de Cameron. O puritano resolve não seguir em frente, choquei sinceramente… NOT! O cara devia ter feito isso faz tempo, babaca só fez agora! Ele ainda teve a pachorra de esfregar na cara que “salvou” Damian. BA-BA-CA!

So long, farewell! Vai tarde… asshole!

Então esse foi mais um episodio de TGP. Saca só os previews da semana que vem onde eles cantam “True Colors” e “The Only Exception”:

Curtiu o Review? Falei asneira? Concorda? Comentem aí e depois vai lá e curte nosso Facebook e segue a gente no Twitter pra não perder nossas atualizações. ;)