Trick or… OH WAIT! | Review American Horror Story – 1×04 – “Halloween (Part 1)”

Que episodio maravilhoso! Essa série me ganha cada vez mais. Este sem dúvidas foi o melhor da série até o momento, mesmo que em sua interrupção de uma semana. O dia 31 de outubro é o dia em que os mortos podem andar livremente. Prato cheio para a série dos fantasmas trágicos da casa dos Horrores. Só não entendi porque separá-los em uma semana ao invés de exibir o especial de 2 horas de uma vez.

  

Novamente não tivemos Papa Harmon desnudo, mas rolou mãozinha no órgão dele e até uma tentativa de BJ (pra quem não sabe o que é, clique aqui), que foi declinada para a infelicidade de muitos. Rysos. Mas vamos começar do começo, ok?

O episodio voltou para… 2010? Como assim? Acontece que neste episodio, foi introduzida a história do casal gay que residia na casa do Assombro antes dos Harmon. Até o presente episodio, apenas foi dito sobre o casal Chad e Patrick (Teddy Sears) uma falsa descrição da morte/assassinato deles. O casal que enfrentava uma crise no relacionamento, estavam descontentes com a vida que tinham de fato, e no episodio piloto a morte deles era citada como “um matou o outro e depois cometeu suicídio”, mas a gente já sabia que devia ter mais por trás dessa história, não? Dito e feito! Ao que parece, o comedor na roupa de látex é meio homofóbico e sem dó, nem motivos aparentes foi lá e matou o Sylar Chad (Zachary Quinto). Seu marido, ainda não sabemos como veio a perecer. Senas para o próximo capitulo…

Tate consegue convencer Ben a continuar o tratando. O doutor ressalta que não pode consultá-lo em casa, e combina um café com o garoto para as suas consultas. No meio tempo, Tate continua vendo Violet escondido, mesmo tendo prometido para o pai da garota que não o faria (isso a gente também já sabia). Tate tenta assustar Violet e nos conta a história sobre a criatura que vive no porão. A garota não acredita mas nós sabemos que pode ser bem verdade o que o problemático contou. Pelo jeito, Tate também está morto e não consegue sair da casa, pois quando questionado por Violet a razão de eles se verem apenas na casa dela, ele pensa na saída de encontrar com ela para o um café, no dia de Halloween. Será que Tate é mais um mortinho vinculado à casa? Achei interessante que em sua sessão com Dr. Harmon, Ben se abriu mais que o garoto. estranho, mas interessante.

  

Constance tá putinha que Addy se dá bem com o boymagia dela, e bota a garota-mulher (ela já tem seus belos 30 anos no mínimo) lá pra baixo. Fiquei com dó! Addy queria apenas se fantasiar de uma “garota bonita” para o Halloween e a mãe joga na cara sobre o fardo que teve de carregar enquanto criava a filha. No final das contas, Addy finalmente consegue se fantasiar (depois de uma cena de reconciliação muito tocante entre as duas), no entanto sua alegria dura pouco.

  

Adelaide resolve ir atrás do grupo das vadias bonitas e com sua máscara não tinha uma boa visão periférica. Foi feliz e contente atravessar a rua e CATAPLOFT! Foi atropelada, o FDP não prestou socorros e a garota ficou jogada no chão. Os paramédicos tentam salvá-la, e Constance percebe que o acidente envolvia sua filha. Assustada e desesperada para salvar a filha, ela tenta levar a garota para o gramado da casa dos Horrores (já deu pra perceber que quem morre nela, fica nela para sempre), porém, não consegue chegar a tempo e Addy falece na calçada em frente a casa. Será que é o bastante para o fantasminha dela permanecer lá junto com seus amigz fantasmas?

Moira faz apenas aparições e vai visitar a mãe no dia que tem de total liberdade. Ela faz uma eutanásia de leve com a mãe (que é beeeem idosa e vive no suporte de aparelhos), mas não consegue seguir para a luz (#GhostWhispererFeelings) como os mortos geralmente fazem. Que dó! 😦

Papa Harmon é assediado novamente por Larry, que quer seus U$1000,00 por ter dado um fim para Hayden, a amante vagabunda que voltou no episodio passado para fooder com a vida de Ben. Vivien continua querendo vender a casa, mas não consegue visitantes para avaliação e possíveis ofertas. A corretora joga a ideia de contratar um decorador, que obviamente, já sabíamos (eu pelo menos já sabia) que seria o casal gay do assombro inicial. Chad, é lógico a bicha má da história, e junto com a fabulÓsa decoração de Halloween, vai e bota a pulguinha atrás da orelha de Vivien, que não demora muito tempo para descobrir que seu marido tem ligado e recebido ligações da ex-amante.

Juntando a crise de sua relação com Ben + o estouro de Chad por causa de maçãs vermelhas/verdes + o casal gay dizendo que os Harmons não são merecedores da casa + gritaria = estresse para Vivien que começa a sentir o bebê chutando sua barriga. O problema é que o bebê tem apenas 8 semanas de gestação, não deveria estar podendo chutar. Os dois vão desesperados para o Pronto-Socorro e ao serem atendidos, a enfermeira afirma que o feto parece grande demais para apenas 8 semanas, e ao dar uma melhor olhada no ultrassom a enfermeira desmaia, alarmando mais o casal. No entanto, nisso veio uma BIIIG falha no episodio.

Violet que está sozinha em casa, ouve a campainha tocar e vai ver quem é. É Larry cobrando irritadamente a grana de Ben. A garota então liga para o pai que assegura que já estão indo para casa. O casal que deveria estar alarmado com o bebê, esquece de tudo e nem tenta descobrir o que rolou de errado para a enfermeira desmaiar e corre para casa. Logo apos de desligar o telefone, Violet encontra com o homem de látex e… não sabemos o que acontece, pois quando Ben e Vivien chegam em casa, não encontram a menina. Para terminar bem essa primeira assustadora parte a campainha toca novamente e adivinha quem está na porta? Hayden! The bitch is back and papa Harmon looks like he just pooped his pants! 

  

E esta foi a primeira parte do Halloween de AHS. Gostaram? Eu adorei! E a audiência também parece ter adorado! A série conseguiu sua maior audiência até o momento. Olha o preview da segunda parte do episodio, que será exibida na próxima Quarta-feira, nos EUA.

E aí, o que acharam do episodio? Assustador? Fraco? A série continua melhorando ou você tá achando tudo ruim? Comentem!!!

About kywi

Uma fruta que curte muito o universo pop, e tenta sempre estar antenado.

Posted on October 28, 2011, in Séries, Séries Novas and tagged , , , , , , , , , , , , , , , , , . Bookmark the permalink. 2 Comments.

  1. Nossa parabéns pelo review… excelente.. vou colocar no meu favoritos !

  1. Pingback: Emocionalmente macabro! | Review American Horror Story – 1×05 – Halloween (Part 2) « kywi

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: