E os fantasmas se divertem… | Review American Horror Story – 1×02 – “Home Invasion”

Agora sim deu pra entender a dinâmica da série. Pelo jeito será sempre assim, algum causo que rolou na casa dos horrores em algum tempo passado, em uma situação atual que revisita a antepassada. Deu pra entender?

Neste episodio viajamos até 1968 onde 5 amigas (só que ao contrário) moravam juntas. 3 delas (essas sim eram amigas) saíram para ver a um concerto do “As Portas” (A.k.a. The Doors) e 2 delas ficaram (a estudiosa Maria e a gordinha simpática Gladys). Um estranho “ferido” aparece pedindo ajuda, e a bondosa Maria o ajuda. O cara então se revela um psicopata com um ódio por enfermeiras e mata as duas sem dó alguma.

  

Pulamos para os dias atuais. Vamos fazer um resumão para o post não ficar gigantesco, né? Papai gostoso recebe ligação da ex-amante que conta que está grávida. Tate invade a casa dos Harmons para assistir a bela VioletA dormindo, e enquanto estão todos dormindo, Adelaide também adentra a casa dos horrores pra brincar de jogar bola com o dêmo que vive no porão dos Harmons e temos novamente uma sena deliciosa com papa Ben descamisado (e suadinho). PASSOMAL!

  

Moving on… Papai Ben menti para Viv (tô íntimo) que vai cuidar de uma antiga paciente suicida, quando na verdade vai visitar sua ex-amante para cuidar de um abortinho ae. Enquanto isso, a vizinha louca da booceta faz uns cupcakes recheados com muito amor e carinho (só que ao contrário) e uma pitada (ou seria o recheio principal?) de xarope de Ipeca (um troço pra dar uma gashtura no estômago e quem sabe uma hemorragia interna. Sussa, não?). Ela tenta dar para Violet comer, e a garota esperta, não come. Mas deixa o cupcake no chão mesmo que uma hora alguém come, ok?

Um pouco antes de Ben viajar, vemos o gostosão atendendo outra doida que tem um sonho constante que está presa no elevador e quando tenta sair o elevador volta a funcionar e a corta ao meio. A mina já tava com um visual todo “Sou psicótica! Tenho sérios problemas mentais” e ainda assim o cara não fez nada a respeito. Nem mesmo quando ela se convida a prolongar sua visita pela casa (que a fascina por toda sua entropia horripilante) e interrompe uma ligação amigável que o terapeuta fazia à mãe de Tate (o doido do primeiro episodio que aparentemente imagina e se masturba loucamente pensando na pequena Violeta).

Moira jovem faz uma pequena aparição, antes de Ben viajar. Temos mais um gostinho da doidice da vizinha, e Viv mosca morta que deixa sua filha falar desaforo pra ela e sair ilesa, sem escutar um berro sequer. Então, numa bela e pacata noite, a  situação do início do episodio começa novamente. Desta vez é uma estranha que toca a campainha, pedindo socorro. Os tempos mudaram e Viv se mostra mais sagaz do que parece e não abre a porta para a estranha indefesa e ferida.

  

Diz que vai pedir ajuda, e a louca se descontrola, começa a berrar, e quando Viv vai pegar o celular… quedê? SUMIU! Enfim, rola todo aquele truque de filme de terror que mostra que tem alguém dentro da casa, Viv chama a filha, alerta a menina para chamar a polícia e trancar a porta. Não dá tempo, um cara encapuzado chega antes e impede a ligação. Comerciais… voltando, temos uma cena quase que idêntica a situação dos filmes “Os Estranhos” e “Violência Gratuita”, e tantos outros desse naipe. As vítimas estão presas, e os doidos se revelam, explanando todo seu plano de maldade. Uma delas é a paciente de Ben, doida com o sonho do elevador.

Conversa vai, conversa vem, Adelaide entrona do jeito que é, vê o que tá acontecendo, mas mamãe louca não dá atenção pra menina porque quer “fazer” o boymageea e simplesmente tranca a menina no armário para enfrentar, aparentemente, seu maior medo, a sua própria aparência. Achei baixo da parte da mãe dela! Enfim, eis que Tate tá dentro da casa também, e dá a mega dica para Violet atrair o trio da bandidagem para o porão. A gente imaginaria que é para o dêmo do primeiro episodio comer eles, não? NÂO! Eis que uma das malucas vê um cupcake saboroso no chão, e antes de fazer maldade rola aquela fome, então a garota resolve comer. Na decisão mais pateta de sua sinistra mente, ela começa a passar muito mal (valeu aí vizinha louca!) e atrapalha o plano arquitetado. Violet engana a outra trouxa e consegue convencê-la que a banheira do assassinato foi a do porão e não do andar de cima.

  

Chegando lá, ao invés do dêmo louco comer ela, Gladys e Maria estão de volta. Viv consegue dar um Shoryuken no bandidão, e depois dá umas tigeladas (Confere produção, aquilo era uma tigela?) na cabeça dele? As duas saem correndo, a vizinha vê e fica com cara de “Adelaide tava certa”, e é isso aí. A doida do sonho do elevador, o Tate tinha feito o favor de machadar e ela morreu da forma que temia, divida ao meio. Rysos. O terceiro, o tigelado, acorda, vai pro porão e Maria e Gladys terminam o serviço. Os fantasmas se divertiram a beça, néam?

  

Pra finalizar o episodio, temos o trio parada dura Tate, Constance (a vizinha louca) e Moira reunidos vendo os corpos dos dois patetas. A gente vê que a amizade deles é forte (eles são tipo parceirões) e decidem sumir com os corpos para que não houvessem questões sobre como eles morreram. Papa Ben dá uma olhada no celular, que tava na bolsa da ex-amante grávida e doida (também! Só tem gente doida nesta série) e sai correndo depois de ver as 13 ligações perdidas (achei pouco). A polícia explica que os três eram um grupo que veneravam assassinatos famosos e queriam recriar as cenas. Depois disso, rola uma tensão entre Violet e papa Ben. Violet diz que a mãe foi muito corajosa e dá uma olhada de decepção para o papai gostoso. Ben se lamente, diz que agora está em casa, Viv se levanta calmamente e responde: “Não, você não está! Vamos vender essa casa (maldita) !” O maldita é subentendido, ok?

E agora? Como será que eles vão manter os Harmons na casa dos horrores? A série tá super consistente e continua com suas maravilhosas bizarrices. Dá uma olhada no preview do próximo episodio abaixo:

A série estreia por aqui na FOX, em versão legendada (YEY!) no dia 08 de novembro, às 23h. E aí, o que achou do segundo episodio? Tá curtindo a série? Eu tô amando. Comentem abaixo o que vocês esperam do restante da temporada! E eu sei que estou atrasadíssimo com alguns reviews, estou sem tempo, mas prometo que vou terminar de fazer reviews de Awkward, assim como reviews de The Vampire Diaries também! 😉

Então já sabe, curte nosso Facebook e nos siga no Twitter pra não perder novos reviews e outras novidades.

About kywi

Uma fruta que curte muito o universo pop, e tenta sempre estar antenado.

Posted on October 18, 2011, in Séries, Séries Novas and tagged , , , , , , , , , , , , . Bookmark the permalink. 3 Comments.

  1. amei o review, serie tudo de bom! adoro o S&M que rola kk

  2. Eu ri da review huahua Gostei dos 2 episódios, acho que a série vai ficar cada vez melhor.

  3. mariana sousa santos

    eu amo muito essa serie eu acho q o tate e a violet tao muito,tipo,romantico!!!!

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: