True Blood is back, baby! Review 4×01 – She’s Not There

True Blood finalmente está de volta com um Season Premiere que te deixa um pouco jogado no escuro, sem entender algumas coisas… mas elas vão ser respondidas… at least I hope so!

  

O episódio começa exatamente de onde parou, e mostra Sookie no mundo das fadas (Ounn) o que na verdade, se mostra um pouco menos fofo e pacifico do que se imaginaria. Nesse ponto, a série tomou uma total liberdade quanto as suas adaptações dos livros. Este mundo nem é citado, ao menos até o livro 9 (que é o que estou lendo no momento). Mas isso não é de todo ruim, essa liberdade permite que vejamos coisas dos livros numa abrangência maior, já que as histórias dos livros são focadas apenas em Sookie e num possuem os diversos “mundos” paralelos de seus outros personagens.

  

Após Sookie perceber que tem algo de muito errado com esse mundo das fadas ela consegue retornar ao mundo real, e descobre que não se passaram o que pareceram apenas 15 minutos, mas sim 13 meses (Choquey!). Ou seja, a história a partir daí deu um pulo de 13 meses, o que nos deixa por fora do que rolou em Bon Temps e Shreveport nestes últimos tempos. Sookie também está perdida e sem saber o que acontece. O episódio vai contando um pouco e mostrando como os personagens estão, por isso, alguns podem considerar um episódio chato, no entanto o considero necessário, e muito bem feito. Não vou entrar em mega detalhes das histórias, mas vou comentar de como parece ser a vida de alguns personagens no momento.

Eric esteve pouco no episódio, parece estar obcecado por Sookie, e isso não é bom. Tara mudou de vida e está tentando desconsiderar tudo que passou. Sam esteve meio apagado neste episódio, mas dá pra ver que sua história vai se desenvolver melhor. Jason tá bonzinho, tá cuidando de tudo e de todos, continua gostoso, mas cadê ele pelado? (Rysos) Bill tá poderoso, tá fodão e vai ter muita coisa pra rolar. Pam continua ótima, ponto! Jessica e Hoyt estão em crise, mas era de se esperar… vamos ver o que rola mais pra frente.

  

Lafayette tá meio boring, eu achei, e ainda num parece aceitar seu “dom”, como Jesus afirma. Arlene tá maluca na obsessão que seu filho será um serial killer psicopata quando crescer. E um dos pontos altos das histórias, foi ver Andy Bellefleur descontrolado e viciado. Quero muito ver como essa história vai se desenrolar. Personagens novos foram apresentados, Portia Bellefleur, irmã de Andy, finalmente ganhou rosto.

  

A temporada começou num ritmo introdutório (existe essa palavra?) e sem perder o folêgo. Terminou com um gancho bom pro próximo episódio, que já pode ser visto ainda essa semana! \o/ A HBO disponibilizou o segundo episódio inteiro no site para quem se inscrevesse e com certeza, até o final quinta feira no máximo, alguma alma boa colocará pra visualização de todos (If you know what I mean).

   

Fica aí uma série de promos pra te deixar com água na boca!

Promo – episódio 2 – You Smell Like Dinner

 

Promo do resto da temporada:

E aí, curtiu o episódio? Não? Diz aí!

Curta nossa página no Facebook e nos siga no @Kywiblog

About kywi

Uma fruta que curte muito o universo pop, e tenta sempre estar antenado.

Posted on June 27, 2011, in HBO, Séries, True Blood and tagged , , , , . Bookmark the permalink. Leave a comment.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: